Close

Por que você deve investir em redes sociais?

Café com Ideias: na última edição, o especialista em redes sociais, Juliano Kimura, falou sobre o uso do Facebook e Instagram para se conectar a seguidores que compram produtos.


Você com certeza já ouviu várias pessoas te aconselhando a criar perfis nas redes sociais para a sua empresa, certo? Mas já se perguntou por que construir presença digital é tão importante para sua loja virtual? Aproximadamente 52% da população brasileira está nas redes sociais, ou seja, são 107,7 milhões de pessoas aptas a dialogar e construir um relacionamento com a sua marca.

Claro, que nem todas essas pessoas têm poder de compra. Porém, aqueles que ainda não atingiram a independência financeira, como os jovens da geração pós-millennials (nascidos a partir de 1992) podem influenciar a decisão de adquirir um produto ou serviço.

Entretanto, para estabelecer conexões com os usuários de redes sociais é preciso ir além do simples fato de “ter um perfil ativo”, você precisa construir uma presença digital sólida que entregue para o cliente a experiência que ele busca com a sua marca.

Segundo o especialista em redes sociais, Juliano Kimura, uma boa presença digital é construída a partir de três perguntas:

Mercado Shops Presenca digital

Como as pessoas te encontram nos buscadores?

É importante pensar “com a cabeça do seu cliente” para entender quais as palavras-chave ele usa para encontrar a sua marca ou o seu produto em ferramentas de busca como o Google.

Ferramentas gratuitas como Google Trends, Planificador de palavras chave e o site inglês Answer the Public te ajudam a encontrar a forma como os consumidores buscam por produtos e outros artigos na internet.

Desta maneira, você pode fazer adequações inclusive na sua estratégia de SEO, nas suas campanhas de marketing digital e nas descrições do produtos que vende ou quer vender. Mas só isso não basta, pois é essencial preparar a sua vitrine da sua loja para entregar ao cliente os melhores resultados para a sua pesquisa.

Como as pessoas te encontram nas redes sociais?

As redes sociais, por natureza, são canais de relacionamento e interação – seja entre grupos de pessoas ou entre usuário e marcas. Em geral, ao buscar conexão com uma loja nas redes sociais o cliente quer mais do que realizar uma compra: ele quer aprender a usar o produto e conhecer os valores da sua marca, para só então estabelecer conexão, se engajar e converter.

Por isso, seu trabalho é oferecer ao cliente conteúdos que respondam a esses anseios, além da divulgação do seu portfólio. É preparar a sua operação para gerenciar uma comunidade de compradores, respondendo suas interações focado em gerar conversas.

As pessoas encontram o que desejam?

Este é o grande resultado da presença digital. Entregar ao seu consumidor exatamente aquilo que ele procura, independente do caminho que ele fez para chegar até a sua marca.

Se nos buscadores ele pesquisa por lojas que vendam um produto X e você oferece este item com bom preço e uma ótima experiência de compra, BINGO! Você entregou para o seu cliente exatamente o que ele procurava.

Se nas redes sociais ele busca por uma marca capaz de dialogar com ele, indo além do “olha aqui o meu produto”, PONTO PRA VOCÊ! Novamente, você entregou para um potencial cliente a relação que ele buscava com a sua loja. E, certamente, esta conexão será convertida em relacionamento e, finalmente, em negócios.

Não queime etapas!

Para Juliano Kimura, na hora de construir o relacionamento com um potencial cliente através das redes sociais é fundamental não queimar as etapas da jornada do consumidor. “Não adianta você impactar um cliente que nunca te viu com milhares de conteúdos voltados para conversão. Ou seja, não dá para pular da descoberta para a conversão!”.

mercado shops jornada do consumidor nas redes sociais

Trabalhe tanto o seu conteúdo, como suas campanhas de mídias nas redes sociais de acordo com cada etapa. Para aquele cliente que ainda não tem relacionamento com a sua marca, faça campanhas apresentando sua empresa, contando sua história. A partir daí, provoque nele a identificação com os propósitos e valores da sua marca.

Envolva-o através de conversas que vão além do “muito obrigado” após um elogio. Pergunte o que ele mais gostou sobre determinado conteúdo, chame-o para a conversa e para ações. E, por fim, você chegará na tão sonhada conversão.

Como produzir um conteúdo de qualidade?

Além de respeitar cada etapa da jornada do consumidor, um conteúdo de qualidade precisa ser simples de se compreender. Procure sempre transmitir as informações de forma clara para que seu consumidor não tenha dificuldades de compreender a sua mensagem. Segundo Kimura, a regra é simples: “quanto mais complexo é um conteúdo, menor a sua visibilidade. Enquanto isso, quanto mais claro ele for, mais pessoas irá alcançar”.

Mercado Shops conteúdo para as redes sociais

Mas, lembre-se um conteúdo claro e com potencial para interação não precisa entregar todas as informações sobre seus produtos, por exemplo. É preciso ser estratégico para que seu consumidor comente nas suas postagens, pois o algoritmo das redes aumenta o alcance das publicações de acordo com o volume de interações que elas recebem.

Uma boa técnica é “esconder” propositalmente algumas informações para forçar que o usuário te pergunte. Por exemplo, você pode contar no post todas as características do seu produto e não contar o preço, levando o usuário a comentar na sua publicação questionando o valor do item.

Experimente! Experimente! Experimente!

Não adianta fazer sempre o mesmo tipo de conteúdo ou abortar sempre o mesmo tema e buscar resultados diferentes. Por isso, experimentar novas abordagens e usos inusitados das plataformas é uma das premissas do bom conteúdo.

Lembre-se: produzir conteúdos interessantes não é sinônimo de gastar muito dinheiro. “Sua capacidade de criar está diretamente ligada aos equipamentos e ferramentas que você tem”, explica Juliano.

Seu celular pode ser um grande aliado na produção de fotos, ao mesmo tempo que sites como Canva e Adobe Spark permitem que você crie templates com cara de profissional sem gastar nada. Se você quer produzir vídeos sem grandes investimentos, ferramentas como o Video Lean permitem que você anuncie seus produtos de forma profissional com um custo baixo.

Com uma boa dose de criatividade e tempo você pode construir uma presença digital sólida e transformar suas conexões em negócios. Pronto para começar a investir mais na sua estratégia para as redes sociais?

Close