Close

E-commerce do zero: montando um plano de negócio

Um bom planejamento é a base para o sucesso de qualquer empreitada. Seja para construir uma casa, lançar uma marca ou iniciar um novo negócio na internet é necessário fazer uma análise cuidadosa do cenário, avaliar custos e traçar metas.

Para que o projeto de uma casa saia do papel, é necessário encontrar o terreno ideal, ter o aval de  um engenheiro, listar os materiais necessários, contratar mão de obra, pedir autorizações na Prefeitura da sua cidade, entre tantas outras coisas. Se para construir uma casa é necessário planejar, com uma loja virtual não é diferente. Para começar a empreender você precisará desenhar o projeto do seu negócio para, então, tirá-lo do papel.

Objetivos do plano de negócio

O plano de negócio tem como objetivo organizar as ideias e metas do seu empreendimento, para funcionar como um mapa durante sua jornada de vendas. Ele irá orientá-lo na busca de informações sobre o ramo de atuação, produtos e serviços oferecidos, possíveis clientes, concorrentes, fornecedores e, principalmente, sobre os pontos fortes e fracos da sua marca. Ajudando-o a identificar a viabilidade e a gerir o seu negócio de maneira mais eficiente.

Com ele você poderá:

  • Testar a viabilidade de uma ideia de negócio;
  • Planejar a captação de recursos financeiros para a sua loja;
  • Informar com precisão sobre o segmento de negócio da sua empresa;
  • Dar credibilidade a sua loja;
  • Orientar estrategicamente a gestão;
  • Conquistar novos parceiros e clientes.

Passo a passo para montar um plano de negócio

Ao desenvolver um bom plano de negócio você precisará responder algumas perguntas. Assim, ao analisar o documento final você terá a resposta mais importante de todas: “vale a pena abrir, manter ou ampliar a minha loja virtual?”

Para te ajudar, listamos o passo a passo para montar um plano de negócios. Confira:

Tenha respostas na ponta da língua

Se você vai iniciar uma loja online, é preciso ter algumas respostas muito claras na sua cabeça: Qual é o seu negócio? O que você vende? Qual o seu mercado? Como ter uma boa estratégia de marketing online?

Por isso, inicie o plano descrevendo o que é o seu negócio, qual a oportunidade que você enxerga nele e como você pretende ganhar dinheiro com essa ideia. Descreva os produtos que pretende comercializar, os canais de divulgação que irá utilizar e detalhes do mercado que estes itens se inserem – nicho, público alvo, concorrentes etc.

Depois de fazer essa “lista”, desenhe as estratégias que irá usar para se destacar frente às outras empresas que já atuam no mesmo segmento. O que te faz diferente dos seus concorrentes e que fará o consumidor procurar a sua loja e não a do outro?

Entenda profundamente o seu mercado

Olhe para além da sua vontade de empreender. Por isso, além de coletar as informações básicas que citamos acima, faça uma lista detalhada com as forças e fraquezas do seu negócio e uma outra com as oportunidades e ameaças do seu mercado.

Chamado pelos profissionais de administração de “Análise SWOT”, esta matriz te dará uma visão do cenário interno e externo do seu empreendimento. Ou seja, ao listar as forças e fraquezas da sua ideia, “olhando para dentro da operação” você conseguirá desenhar caminhos para solucionar ou minimizar os impactos destas características. Já ao olhar para o mercado, analisando as oportunidades e ameaças, você poderá traçar estratégias para que a sua loja responda às necessidades do consumidor e se destaque frente aos concorrentes.

Planeje os gastos com cuidado

Para que uma empresa seja sustentável a longo prazo é preciso entender os custos mensais para manter a operação. Então, inclua em seu plano de negócios uma análise detalhada dos valores que deverá investir com estoque, embalagens, luz, internet, anúncios, tributos, plataformas de e-commerce, ferramentas de gestão, verba de marketing etc.

Não deixe nada de fora da lista! Considere tanto os gastos pontuais – como o investimento para regularização da empresa – quanto os custos fixos da operação. Desta maneira, você poderá determinar se o seu negócio é saudável financeiramente e monitorar a manutenção desta sustentabilidade no decorrer da vida da sua loja.

Acompanhe o plano de negócio

Para finalizar, lembre-se que, por melhor estruturado que seja, o plano de negócio está sujeito à interferências externas – mudanças na economia, instabilidades do mercado, entre outros -, por isso é importante que você revisite este documento com frequência e faça os ajustes necessários, corrigindo a rota para manter sua loja em constante desenvolvimento.

Com o plano de negócio finalizado, chegou a hora de colocar a “mão na massa”.

Pronto para começar a vender pela internet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close